fbpx
terça-feira, 12 fevereiro 2019 09:32

Santarém: 193 empresas criadas só em janeiro

Partilhar:

No primeiro mês de 2019, surgiram mais 50 sociedades no distrito de Santarém do que no mesmo mês do ano anterior, onde apenas foram criadas 143 empresas. Este acontecimento teve o contributo de todos os concelhos do distrito em questão, algo que não acontecia desde abril de 2018.

 

ANERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém continua no ano de 2019 a analisar a criação de empresas no distrito de Santarém. Em janeiro houve um acréscimo na criação de sociedades, com 193 empresas concebidas, tendo todos os concelhos do distrito contribuído para este número. Quanto aos líderes, destaque, sem surpresas, para os concelhos de Santarém e Ourém, com um total de 35 e 25 empresas, respetivamente.

No primeiro mês de 2019 surgiram mais 50 sociedades no distrito de Santarém, do que no mesmo mês do ano anterior, onde apenas foram criadas 143 empresas. Este acontecimento teve o contributo de todos os concelhos do distrito em questão, algo que não acontecia desde abril de 2018.

Abrantes contribuiu com 19 empresas, seguindo-se Benavente, com 15 sociedades, Salvaterra de Magos, com 14 e Torres Novas com 13. Também com 13 sociedades criadas no mês passado, surge o concelho de Tomar, seguido de Almeirim e Coruche, com 11 empresas criadas em cada um dos territórios. Rio Maior contribuiu com 9 sociedades, Cartaxo com 7 e Chamusca e Entroncamento com 4. Alcanena criou 3 sociedades em janeiro, Ferreira do Zêzere, Golegã e Sardoal criaram 2 sociedades cada concelho e Alpiarça, Constância, Mação e Vila Nova da Barquinha criaram uma empresa em cada um dos territórios.

Das 193 sociedades, é de destacar a área de Comércio a retalho em outros estabelecimentos não especializados, com predominância de produtos alimentares, bebidas ou tabaco (14), Comércio por grosso de animais vivos (13), Atividades de medicina (12), Compra e venda de bens imobiliários (9), Restaurantes tipo tradicional (8), Manutenção e reparação de veículos automóveis (7), Construção de edifícios (residenciais e não residenciais) (6), Culturas de produtos hortícolas, raízes e tubérculos (6), Pintura e colocação de vidros (5), Exploração florestal (4), Outras atividades especializadas de construção diversas (4), Atividades de mediação imobiliária (4) e Montagem de trabalhos de carpintaria e de caixilharia (3).

Quanto ao sexo dos promotores do investimento, há uma predominância para o sexo masculino, com 151 empresas (78,24%) criadas e as restantes desenvolvidas por mulheres (42 empresas – 21,76%).

Embora todos os concelhos do distrito de Santarém tenham criado empresas, houve ainda alguns que registaram insolvências. Santarém registou 4 e Tomar e Chamusca 3 em cada concelho. Almeirim, Constância, Coruche, Ourém e Torres Novas registaram duas insolvências em cada um dos concelhos. Abrantes, Alcanena, Entroncamento, Mação e Salvaterra de Magos, apresentaram, em janeiro, uma falência em cada concelho. No total, registaram-se em janeiro 25 falimentos.

 

Acompanhe todas as novidades da Rede ON Centro no Facebook e Instagram

 

 

Deixe um comentário

Últimos artigos

Facebook

INSTAGRAM ON CENTRO

Mais Gostados


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues