fbpx

UE dá ‘luz verde’ a nova lei para proteger trabalhadores da Uber e Glovo

Escrito por
UE dá ‘luz verde’ a nova lei para proteger trabalhadores da Uber e Glovo Foto © ON Centro

 

Os ministros acabam de aprovar o texto de compromisso sobre a diretiva relativa ao trabalho em plataformas”, indica a presidência belga rotativa do Conselho da UE, numa publicação na rede social X (antigo Twitter).

 

Os ministros do Emprego e Assuntos Sociais da União Europeia (UE) chegaram hoje a acordo sobre a nova lei para proteger os trabalhadores das plataformas eletrónicas, como motoristas da Uber ou estafetas da Glovo, visando “melhores condições” laborais.

“Melhores condições de trabalho para quem entrega a sua refeição em casa. Os ministros acabam de aprovar o texto de compromisso sobre a diretiva relativa ao trabalho em plataformas”, indica a presidência belga rotativa do Conselho da UE, numa publicação na rede social X (antigo Twitter).

Na publicação, a presidência belga adianta que “esta diretiva melhorará os direitos e as condições de mais de 28,5 milhões de europeus que trabalham na economia das plataformas”, sendo o primeiro ato legislativo da UE a regular a gestão algorítmica no local de trabalho e a estabelecer normas mínimas europeias para este setor.

Reagindo ao acordo, o comissário europeu para o Emprego e os Direitos Sociais, Nicolas Schmit, disse à Lusa que “este é um dia importante para os trabalhadores de plataformas digitais”, realçando que, “mais uma vez, a Europa está a dar um bom exemplo”.

A ‘luz verde’ de hoje dos Estados-membros da UE – alcançada na reunião dos ministros do Emprego e dos Assuntos Sociais, em Bruxelas – surge após negociações com o Parlamento Europeu sobre esta nova lei que visa ajudar milhões de trabalhadores de plataformas digitais a aceder aos direitos laborais e de um acordo provisório em fevereiro deste ano.

As novas regras definem um estatuto correto para quem trabalha nas plataformas digitais, passando a presumir-se legalmente que os trabalhadores são empregados por uma plataforma digital e não trabalhadores por conta própria se, na sua relação com essa plataforma, preencherem critérios referentes aos montantes que obtêm, às restrições em recusar trabalho e às regras que regem a sua aparência ou conduta.

Nos casos em que se aplica a presunção legal, caberá à plataforma digital demonstrar que não existe uma relação de trabalho de acordo com a legislação e a práticas nacionais.

Além disso, os trabalhadores têm de ser informados sobre a utilização de sistemas automatizados de monitorização, ficando interdito o tratamento automático de certos dados pessoais, como dados biométricos ou sobre o estado emocional ou psicológico.

Em causa está a proposta da Comissão Europeia, apresentada há três anos, para uma legislação comunitária sobre direitos dos trabalhadores das plataformas, a primeira do género na UE embora alguns países já disponham de regras.

Em Portugal, no âmbito da Agenda do Trabalho Digno, proposta pelo Governo e promulgada pelo Presidente da República em março passado, prevê-se, no caso das plataformas digitais, a presunção de laboralidade entre o trabalhador e a plataforma, que à partida será feita diretamente com as empresas e não com intermediários, embora deixando para os tribunais a decisão final sobre a vinculação.

Estima-se que existam mais de 28 milhões de trabalhadores das plataformas digitais na UE, número que poderá atingir os 43 milhões em 2025.

A grande maioria destes trabalhadores são independentes, mas pelo menos 5,5 milhões têm erradamente este estatuto, situação que Bruxelas quer inverter, combatendo o falso trabalho por conta própria para que estes trabalhadores tenham proteção laboral.

 

PUBLICIDADE



Programação do Centro de Artes de Águeda

 

 

Siga-nos nas redes sociais


[+] de Youtube ON Centro






 

Shorts ON Centro @ Youtube



Viver a Vida intensamente,
sempre, sempre, sempre! (...)






O Amor é Importante!


 

Bebe, bebe, bebe!




VER MAIS »»»

 

 

 

 

Partilhar

Mídia

Últimos artigos

Agenda de eventos

Mira: Comemorações do 25 de Abril
Mira: Comemorações do 25 de Abril
Sex. 19/04 21:30 - Qui. 25/04
Ligue 1 - França
Ligue 1 - França - Jornada 30
Sáb. 20/04 - Dom. 21/04
Futebol: Bundesliga - Alemanha
Bundesliga - Alemanha - Jornada 30
Sáb. 20/04 - Dom. 21/04
Góis: 26.ª Feira do Livro
Góis: 26.ª Feira do Livro
Seg. 22/04 - Qua. 01/05
Futebol: Bundesliga - Alemanha
Bundesliga - Alemanha - Jornada 31
Sáb. 27/04 - Dom. 28/04
Ligue 1 - França
Ligue 1 - França - Jornada 31
Sáb. 27/04 - Dom. 28/04
Águeda: Motocross - Portugal MXGP
Águeda: Motocross - Portugal MXGP
Sáb. 04/05 - Dom. 05/05
Ligue 1 - França
Ligue 1 - França - Jornada 32
Sáb. 04/05 - Dom. 05/05
Águeda: Motocross - Portugal MXGP
Águeda: Motocross - Portugal MXGP
Sáb. 04/05 - Dom. 05/05
Futebol: Bundesliga - Alemanha
Bundesliga - Alemanha - Jornada 32
Sáb. 04/05 - Dom. 05/05
Ligue 1 - França
Ligue 1 - França - Jornada 33
Sáb. 11/05 - Dom. 12/05
Futebol: Bundesliga - Alemanha
Bundesliga - Alemanha - Jornada 33
Sáb. 11/05 - Dom. 12/05
Águeda: António Zambujo
Águeda: António Zambujo
Dom. 12/05 21:30 - 23:00
Águeda: Entrelinhas | Teatro
Águeda: Entrelinhas | Teatro
Sex. 17/05 21:30 - 22:30
Ligue 1 - França
Ligue 1 - França - Jornada 34
Sáb. 18/05 - Dom. 19/05
Futebol: Bundesliga - Alemanha
Bundesliga - Alemanha - Jornada 34
Sáb. 18/05 - Dom. 19/05
Águeda: Sérgio Godinho e Os Assessores no Centro de Artes
Águeda: Sérgio Godinho e Os Assessores
Sex. 07/06 21:30 - 23:00


Sobre nós


Plataforma em rede de comunicação e divulgação

 
A ON CENTRO é uma rede digital de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro e informar junto do público nacional e estrangeiro.

Aceda aqui às notícias de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Santarém e Viseu; e do resto do País.

Other languages


Contactos


Morada

Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email
geral@on-centro.pt

Parcerias
Inês Vicente
oncentro.pt@gmail.com

Telefone (+351)
rede fixa nacional: 239 821 655
rede móvel: 933 075 555

 

 


Redes sociais


 


Newslettter

Subscreva a nossa newsletter para ficar a saber o que de importante acontece na região e no país.

Subscrever