fbpx
segunda-feira, 27 julho 2020 21:37

Cerca de 23 mil empresas prorrogaram 'lay-off' em julho

Partilhar:

O Conselho de Ministros aprovou esta segunda-feira, 27 de julho, o apoio à retoma, que sucede ao regime do 'lay-off' simplificado, que por sua vez termina este mês, mantendo-se apenas para empresas obrigadas a estarem encerradas.

 

 

Aministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, disse hoje que 23 mil empresas pediram em julho a prorrogação do 'lay-off' simplificado, referindo-se a "processos válidos e pagos".

Após o Conselho de Ministros que aprovou o apoio extarordinário à retoma progressiva, medida que irá substituir o 'lay-off' simplificado a partir de agosto, Ana Mendes Godinho fez um balanço da medida que arrancou no início da pandemia de covid-19 e que termina no final deste mês.

"Tivemos 109 mil pedidos iniciais válidos de 'lay-off' simplificado e no primeiro mês 75 mil empresas pediram prorrogação. Em junho tivemos 54 mil empresas com pedidos de prorrogação válidos e pagos e, em julho, 23 mil pedidos", afirmou Ana Mendes Godinho.

Segundo sublinhou a ministra, "a evolução reflete a capacidade que as empresas tiveram de retomar atividade".

O Conselho de Ministros aprovou hoje o apoio à retoma, que sucede ao regime do 'lay-off' simplificado, que por sua vez termina este mês, mantendo-se apenas para empresas obrigadas a estarem encerradas.

O novo apoio não prevê a suspensão do contrato de trabalho, mas apenas a redução do horário de trabalho e varia consoante a quebra de faturação.

Segundo Ana Mendes Godinho, o apoio extraordinário à retoma progressiva, que estará em vigor entre agosto e dezembro, poderá ser solicitado pelas empresas com quebra de faturação igual ou superior a 40% "a partir do final da próxima semana".

Já o apoio adicional para as empresas com quebra de faturação igual ou superior a 75% só poderá ser pedido em setembro, mas terá efeitos retroativos a agosto, disse a ministra.

O apoio extraordinário à retoma progressiva estava previsto no Programa de Estabilização Económica e Social (PEES) mas não contemplava o novo apoio adicional para empresas com quebra de faturação igual ou superior a 75%.

 

 

Siga as notícias da Região Centro no Facebook, Instagram e Youtube

 

    

    

 

Deixe um comentário

Últimos artigos

Facebook

INSTAGRAM ON CENTRO

Mais Gostados


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues