fbpx
terça-feira, 06 abril 2021 09:43

Vendas da VA recuperam 17,9% em março mas caem 22% no 1.º trimestre

Escrito por
Partilhar:
Vendas da VA recuperam 17,9% em março mas caem 22% no 1.º trimestre Foto © ON Centro

Em comunicado enviado à CMVM, a Vista Alegre adianta que o volume de negócios nos primeiros três meses deste ano atingiu 19 milhões de euros, "verificando uma quebra de 22% relativamente ao mesmo período de 2020".

 

 

Ovolume de negócios da Vista Alegre (VA) caiu 22% no primeiro trimestre, face a igual período de 2020, para 19 milhões de euros, mas cresceu em março 17,9%, registando "uma recuperação nas vendas", anunciou hoje o grupo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Vista Alegre (VAA) adianta que o volume de negócios nos primeiros três meses deste ano atingiu 19 milhões de euros, "verificando uma quebra de 22% relativamente ao mesmo período de 2020".

Em março, o volume de negócios ascendeu a "6,8 milhões de euros, um aumento face ao mesmo mês de 2020, de 17,9% (mais um milhão de euros", tendo registado "assim uma recuperação nas vendas, sendo expectável, com o desconfinamento em Portugal no mês de abril, uma tendência crescente nas vendas nos próximos meses", pode lr-se no comunicado.

Em março, as vendas no segmento porcelanas e complementares ascendeu a 2,5 milhões de euros (contra 500 mil euros em igual mês de 2020) e as de faiança 941 mil euros (contra 675 mil euros).

Os segmentos grés fornos registaram um volume de negócios de mais de um milhão de euros no mês passado (2,9 milhões de euros em março de 2020) e os de grés mesa 1,6 milhões de euros (1,4 milhões de euros um ano antes).

Já o volume de negócios do segmento cristal/vidro manual atingiu 664 mil euros (229 mil euros em termos homólogos).

"De salientar que o canal de retalho registou no mês de março uma excelente recuperação impulsionada pelas vendas no mercado externo, destacando-se Espanha, Estados Unidos da América e França", salienta o grupo Vista Alegre, referindo que "foi, deste modo, verificado um aumento das vendas de 79% face ao período homólogo".

As vendas através do 'online' "continuaram a evidenciar um excelente desempenho, apresentando um crescimento de 468% relativamente ao mês de março de 2020".

Por sua vez, o canal 'private label', em março, "teve um ligeiro decréscimo face a igual mês do ano anterior de 5%".

A Vista Alegre sublinha que a "evolução favorável do quadro epidemiológico do país, determinou, ainda que com alguma cautela, o reajustamento parcial das medidas de prevenção e resposta à situação de pandemia que têm vindo a ser adotadas por algumas das subsidiárias da VAA".

Assim, "em linha com o faseamento do plano de desconfinamento em curso, e a reabertura parcial da atividade da rede de retalho nacional da VAA, na Vista Alegre Atlantis S.A., nos segmentos de porcelana e cristal, apenas uma percentagem residual de trabalhadores, de cerca de 0,48%, permanecerá, durante o mês de abril de 2021, em regime de suspensão temporária de contratos de trabalho", ou seja, 'lay-off', "ao invés dos cerca de 10,81%" registados em março.

"Sendo que 83,16% dos trabalhadores da referida unidade estarão a prestar trabalho a tempo inteiro ou com redução temporária do período normal de trabalho (PNT) inferior a 12,5%", acrescenta.

Nas unidades industriais das Caldas da Rainha da Faianças Artísticas Bordalo Pinheiro, S.A., no segmento da faiança, e do Satão da Cerutil – Cerâmicas Utilitárias, S.A., no segmento grés forno, "a totalidade dos colaboradores encontram-se a prestar trabalho a tempo inteiro ou com redução temporária do PNT (isto é, cerca de 3,33% dos trabalhadores da Faianças Artísticas Bordalo Pinheiro S.A. e 90,23% dos trabalhadores da Cerutil – Cerâmicas Utilitárias, S.A. estão com uma redução do PNT de apenas 12,5%)".

O grupo acrescenta que o "grau de incerteza associado ao levantamento faseado das medidas de confinamento em curso impõe a necessidade de uma contínua monitorização por parte da VAA dos impactos decorrente da covid-19 que daí possam advir, adotando, em cada momento, as medidas relevantes para promover a continuidade dos seus negócios e a resiliência e sustentabilidade da sociedade", conclui.

 

PUBLICIDADE

 

 


 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

Deixe um comentário

Últimos artigos

Próximos eventos

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues