fbpx
terça-feira, 04 maio 2021 15:23

Pfizer espera vender este ano vacinas anti-covid por 26 mil milhões de dólares

Partilhar:
Pfizer espera vender este ano vacinas anti-covid por 26 mil milhões de dólares Foto © ONU/OMS

O volume de negócios total da farmacêutica em 2021 deverá atingir entre 70,5 e 72,5 mil milhões de dólares, quando até agora se previa que ficasse entre 59,4 e 61,4 mil milhões.

 

 

Ogrupo farmacêutico Pfizer revelou esta terça-feira, 4 de maio, que espera vender este ano 1,6 mil milhões de doses da sua vacina anti-covid, desenvolvida com a BioNTech, por 26 mil milhões de dólares (21,6 mil milhões de euros).

Em fevereiro, as estimativas da empresa norte-americana antecipavam que as vendas da vacina ao longo do ano seriam de 15 mil milhões de dólares, o equivalente a 12,4 mil milhões de euros.

Desde então, a farmacêutica assinou outros contratos para 2021, nomeadamente com a Comissão Europeia, e indicou hoje que também concluiu acordos com o Canadá e com Israel para outros fornecimentos, já depois de 2021.

Em comunicado, a Pfizer afirmou que está a negociar possíveis contratos similares com "numerosos países".

O volume de negócios total da farmacêutica em 2021 deverá atingir entre 70,5 e 72,5 mil milhões de dólares, quando até agora se previa que ficasse entre 59,4 e 61,4 mil milhões.

A atualização das previsões reflete novas antecipações em relação à vacina contra a covid-19 e "um desempenho sólido" das restantes atividades. Tem ainda em conta "as despesas suplementares em investigação e desenvolvimento na vacinação contra a covid-19" e outros produtos antivirais contra a doença, precisou a Pfizer.

No primeiro trimestre, a empresa já vendeu vacinas no valor de 3,5 mil milhões de dólares. As outras atividades do grupo também progrediram e o volume de negócios, tirando a referida vacina, aumentou 8%.

Com a vacina, as receitas do laboratório aumentaram 45% para 14,6 mil milhões de dólares (cerca de 12,14 mil milhões de euros), muito acima das previsões dos analistas (13,6 mil milhões de dólares).

Os lucros líquidos aumentaram 45% para 4,9 mil milhões de dólares (cerca de quatro mil milhões de euros) e as ações da farmacêutica subiam 1,3% nas transações eletrónicas antes da abertura da bolsa em Wall Street.

 

PUBLICIDADE









 

 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

Deixe um comentário

Últimos artigos

Próximos eventos

CAE: Amor Eletro (juntos)

Data Sáb. 26/06 21:00

Águeda: Feira das Lambarices

Sex. 03/09 - Seg. 12/09

Águeda: TIM em concerto no CAA

Sex. 24/09 21:00 - Sáb. 24/09 22:15

 

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues