fbpx

37.º Festival Música em Leiria

Calendário
Música
Data
Sex. 15/03 - Qui. 25/04

Descrição

O irreverente quarteto de cordas espanhol PaGaGnini, a dupla de pianistas Mário Laginha e Pedro Burmester, o músico brasileiro Ivan Lins e a Glenn Miller Orchestra, são alguns dos nomes de artistas nacionais e internacionais confirmados para a 37.ª edição do Festival Música em Leiria (FML), o mais antigo festival de música do País a realizar-se de forma ininterrupta. De 23 de março a 25 de abril, naquela que será a sua edição mais ampla de sempre, o FML levará espetáculos de música clássica, jazz e dança a 10 concelhos do distrito: Leiria, Marinha Grande, Batalha, Porto de Mós, Pombal, Ansião, Alvaiázere, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande.            

Ao todo, o FML 2019 contará com 20 espetáculos que, a par da forte componente internacional, refletem igualmente a aposta da organização em novos talentos da música nacional, e também o reconhecimento de vários artistas portugueses conceituados aquém e além-fronteiras. Sob a direção artística do maestro António Vassalo Lourenço, a 37.ª edição do FML apresenta um programa de grande multiplicidade artística, assumindo assim o compromisso de promover a cultura junto de novos públicos, através da conjugação da matriz clássica com outros estilos musicais mais contemporâneos de elevada qualidade. 

 

Os espetáculos do FML 2019

 

Em jeito de ante-estreia, a Glenn Miller Orchestra irá protagonizar no Teatro José Lúcio da Silva (TJLS), em Leiria, o concerto de pré-lançamento do Festival, no dia 15 de março, desenrolando a passadeira vermelha à dupla Mário Laginha e Pedro Burmester, encarregue de realizar o concerto de abertura do evento a 23 de março, na mesma sala de espetáculos. Segue-se outro dos pontos altos do FML a 30 de março pelos PaGaGnini, com um espetáculo que reúne humor e loucura, homenageando alguns dos momentos altos da história da música, numa fusão de estilos que junta Mozart, Vivaldi, U2, SWarasate, Manuel de Falla e Paganini, proporcionando um “desconcerto” que reinventa a forma de criar e interpretar um recital. 

A dança também tem lugar neste festival de música pela mão do projeto espanhol Plataforma Displaced & Eva Manzano, que, no dia 31 de março, traz ao palco do TJLS a irreverência e o experimentalismo da dança contemporânea, em conjunto com a tradição e sensualidade da influência do flamenco. Dia 3 de abril é o Solar dos Ataídes (ao Terreiro) em Leiria que acolhe o talento de André Gaio Pereira, vencedor do Prémio Jovens Músicos da RTP/Antena 2. Já no dia 14 de abril, no TJLS, o concerto será protagonizado pelos jovens músicos do Estágio de Sopros de Leiria.  

Rumando a norte do distrito, o FML leva consigo uma edição inédita de Concertos Didáticos pelo norte de distrito de Leiria, com a interpretação de ’“Os Músicos de Bremen”, protagonizada pelo grupo WindDidaticQuintet, que irá apresentar a sua versão da obra dos irmãos Grimm a um público mais jovem. Ao todo haverá cinco espetáculos, todos de entrada gratuita, em Ansião e Pedrógão Grande no dia 29 de março, e em Alvaiázere, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos no dia 5 de abril.

Mais a sul, na Batalha, o quarteto Danças Ocultas de Filipe Cal, Artur Fernandes, Francisco Miguel e Filipe Ricardo irá revelar, no dia 6 de abril, um espetáculo baseado no seu recém-editado disco “Dentro Desse Mar”. Já em Porto de Mós, o FML propõe um duplo concerto numa sala de espetáculos improvável, as grutas de Mira de Aire, onde Cláudia Franco dá a conhecer, em primeira mão, o seu novo trabalho, e no mesmo dia o leiriense Paulo Bernardino se apresenta com o seu clarinete em dueto com o guitarrista brasileiro Augusto Baschera.

Em Pombal, no dia 5 de abril, Luís Figueiredo, responsável pelos arranjos da canção “Amar pelos Dois”, vai apresentar o seu mais recente disco “Kronos/Penélope”, no qual mostra toda a sua versatilidade enquanto compositor, com temas que atravessam diversos universos sonoros, com elementos de música clássica de câmara, passando pela improvisação pura, momentos falados, baladas e até pop-rock. Ao vivo e sem artifícios além do virtuosismo próprio de cada instrumento, é como os Petit Gatô se vão apresentar na Marinha Grande, no dia 13 de abril, tendo por mote “o prazer da partilha musical”.

A Orquestra Sinfónica de Leiria atua no dia 7 de abril, sob a direção do maestro José Eduardo Gomes, na Igreja de São Francisco, em Leiria, e o Trio Pangea, no dia 17 do mesmo mês, no Teatro Miguel Franco, irá representar a componente mais erudita do FML com obras de Claude Debussy, Franz Schubert, José Vianna da Motta e Joaquín Turina, entre outros.

O concerto que assinala o encerramento do FML 2019 está marcado para o dia 25 de abril e estará a cargo do brasileiro Ivan Lins, que sobe ao palco do TJLS com Ana Laíns como convidada, acompanhados pela Orquestra Filarmonia da Beiras e pelo Coro do Orfeão de Leiria, prometendo um serão absolutamente memorável.

 

Acompanhe todas as novidades da Rede ON Centro no Facebook e Instagram

 

 

Comentários

Eventos em destaque

sábado, 17/agosto - domingo, 25/agosto
quarta-feira, 28/agosto 15:00 - 16:00


© ON CENTRO | since 2018 | Designed by WYSiWYG