fbpx
domingo, 30 junho 2019 23:36

Da côdea ao "pito" - quem gosta do Pão de Ló de Ovar?

Partilhe com os seus amigos!

O Pão de Ló de Ovar distingue-se dos demais "da sua espécie", quer pela sua forma de “broa”, de massa apelidada de “ló”, cremosa e fofa e de espessura leve; quer pelo seu interior humedecido, popularmente conhecida como “pito", cercada por uma côdea fina que varia entre o tom dourado e mais acastanhado resultante do tempo de cozedura.

 

 

O Pão de Ló de Ovar distingue-se dos demais "da sua espécie", quer pela sua forma de “broa”, de massa apelidada de “ló”, cremosa e fofa e de espessura leve; quer pelo seu interior humedecido, popularmente conhecida como “pito", cercada por uma côdea fina que varia entre o tom dourado e mais acastanhado resultante do tempo de cozedura.

O “Pão de Ló de Ovar” é um bolo confecionado com recurso a de ovos, principalmente gemas, açúcar e farinha. É apresentado dentro de uma forma revestida com papel branco, com o formato de uma “broa” de massa leve. A área geográfica definida de produção desta iguaria corresponde ao concelho administrativo (freguesias de Esmoriz, Cortegaça, Maceda, Arada, Ovar, S. João, S. Vicente, Válega).

A experiência do pasteleiro, a par da massa, são os fatores principais para a obtenção desta tenção doceira.  que é determinante para a qualidade final do produto, para a avaliação do ponto “óptimo” da massa. A forma é forrada com papel almaço previamente. A experiência e perícia do pastelro são fundamentais no processo de colocação da massa na forma. Passa-se então à fase de cozedura. Este processo requer vigilância contínua, uma vez que o tempo de cozedura o Pão de Ló de Ovar irá determinar mais ou menos “pito”, a característica que o diferencia. Após a cozedura, entra na fase de arrefecimento, mantendo-se dentro da forma até estar completamente arrefecido. Após o arrefecimento, o papel é recortado.

A história da sua confeção remonta a finais do século XVIII. No séc. XIX várias famílias de Ovar faziam da confeção de doces a sua fonte de rendimento. Um dos bolos que se destacava pela fama, era exatamente o Pão de Ló de Ovar. Dos testemunhos históricos sobre esta confeção tão localizada, o Marques Gomes em 1877, no seu livro “Aveiro e seu Distrito”, relata que "Na confeitaria tornam-se notáveis o pão de ló e os ovos molles, rivais de Aveiro".

 

 

Associação de Produtores
APPO – Associação de Produtores de Pão de Ló de Ovar

 

Símbolo de certificação
marca pao lo ovar

 

Entidade de controlo e certificação
SAGILAB – Laboratório de Análises Técnicas, S. A.

 

Legislação aplicável
Despacho n.º 10249/2015 de 15 de setembro 
Aviso n.º 4330/2015 de 22 de abril 

 

 

Acompanhe todas as novidades da Rede ON Centro no Facebook e Instagram

 

Partilhe com os seus amigos!

Deixe um comentário

Últimos artigos

Artigos recomendados

Artigos mais lidos

Instagram ON Centro

Facebook


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues