fbpx
segunda-feira, 16 agosto 2021 17:36

Ílhavo: 'Bacalhau ao Cais' com missão cumprida

Escrito por
Partilhar:

A lotação dos nove jantares esgotou antes do início do evento. Serviram-se cerca de 700 refeições, com particularidades diferentes em cada noite. Noite após noite, com tudo a fluir conforme planeado e com sorrisos no rosto, tanto do público, como das equipas das 14 associações (9 promotoras dos jantares temáticos, 3 responsáveis pela “Chegada ao Cais” e 2 fornecedoras do Pão de Vale de Ílhavo), fica a sensação de missão cumprida.

 

 

Chegou ao fim o Bacalhau ao Cais. Nove noites de Verão à beira mar, em que se celebrou o bacalhau e se voltou a desafiar as associações do Festival do Bacalhau a servi-lo com o empenho habitual, desta feita, para um número controlado de pessoas e num espaço diferente. 

Promovido pela Câmara Municipal de Ílhavo em parceria com a Confraria Gastronómica do Bacalhau, o 'Bacalhau ao Cais' teve como missão "prosseguir com a valorização do bacalhau, enquanto grande referência da gastronomia ilhavense"; refere a organização.

Serviram-se cerca de 700 refeições, com particularidades diferentes em cada noite, e a lotação dos nove jantares esgotou antes do início do evento. Noite após noite, com tudo a fluir conforme planeado e com sorrisos no rosto, tanto do público, como das equipas das 14 associações (9 promotoras dos jantares temáticos, 3 responsáveis pela “Chegada ao Cais” e 2 fornecedoras do Pão de Vale de Ílhavo), fica a sensação de missão cumprida.

 

 

O evento serviu também de palco para a apresentação, em cada noite, do segundo volume da coleção “A nossa mesa”, o livro “Samos, Caras e Línguas: A Gastronomia do Festival do Bacalhau”. No total venderam-se 152 unidades. O livro continua à venda no Museu Marítimo de Ílhavo e na Loja Online do Município de Ílhavo (www.cm-ilhavo.pt/viver/loja-online-do-municipio-de-ilhavo).

Foram nove noites de múltiplos sabores, aplausos, brindes, sorrisos e alegria de poder voltar a juntar família e amigos à volta de uma mesa de bacalhau, ainda que com as restrições existentes.

Segundo a autarquia, este evento não teve a pretensão de substituir o Festival do Bacalhau, que, mais uma vez este ano, não foi possível realizar em segurança, devido à pandemia. Ambos os eventos celebram o bacalhau e juntam as mesmas associações, mas são incomparáveis em tudo o resto e, se tudo correr bem, no próximo ano voltará ao Jardim Oudinot o tão desejado Festival do Bacalhau.

Agora, lava-se a louça, arruma-se tudo, apaga-se a luz e devolve-se a quietude ao Cais Criativo da Costa Nova.

 

 

PUBLICIDADE

 

 

 

 

Águeda: TIM, em concerto, no Centro de Artes de Águeda
Sex. 24 de Setembro | 21h00

 

 


Regras de Verão na Figueira da Foz

 
 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

Deixe um comentário

Últimos artigos

 

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues