sexta, 13 outubro 2017 23:06

De Mira a Ovar, a costa está a mudar

A Ria de Aveiro é um espaço singular que dispõe de condições excepcionais para suporte de um desenvolvimento económico e turístico sustentável e para se posicionar como um pólo de atracção intimamente ligado ao contacto e fruição da natureza.

 

Oterritório abrangido pela Ria de Aveiro, entre Mira e Ovar, está a ser alvo de intervenções no âmbito do programa Polis Litoral Ria de Aveiro. Com o objetivo de preservar o património natural da Ria, dinamizar a sua economia, e promover as suas vivências e experiências, estão previstas realizar mais de 150 acções, em projetos de vários tipos.

A área intervencionada tem cerca de 37 000 ha, uma extensão de 60 km de frente costeira, 140 km de frente lagunar e 24 km de frente ribeirinha do Vouga, abrangendo os concelhos de Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Estarreja, Espinho, Ílhavo, Mira, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.

 

Mira

Esta operação, tendo como ações o desassoreamento da Barrinha de Mira e a deposição dos dragados no mar, na zona de rebentação (praia imersa), de forma a lavar o sedimento e reforçar a deriva litoral. A obra iniciou no passado mês de setembro, e tem uma dotação financeira de fundos comunitários de 463.000€, sendo o valor total de 545.000€.

 


 

 

Ovar

A operação de redução da erosão costeira do «Sítio» da Barrinha de Esmoriz e zona envolvente tem como objetivo específico a proteção do litoral, através da execução de dragagens na barrinha/lagoa e utilização dos dragados para minimização dos efeitos da erosão costeira e reposição do equilíbrio na dinâmica sedimentar ao longo da costa, através do restabelecimento do fornecimento de sedimentos ao litoral.

O projeto inclui ainda a implantação de uma ponte que ligará Esmoriz e Paramos, com 38 metros de comprimento, piso de 1,40 metros de largura, e corrimão em madeira, e mais três pontes curvas com 13,5 metros de comprimento e dois metros de largura.

Um pequeno cais flutuante, um observatório de aves, percursos mistos, dois pórticos, três parques de estacionamento, são também equipamentos previstos para o local.

A criação dos percursos marginais assume, segundo a Polis Litoral Ria de Aveiro, funções relevantes na estabilização das margens da lagoa.

O acesso à barrinha será vedado com a colocação de passadiços, sendo aplicada uma paliçada na zona dunar a sul da lagoa.

 

 

Ílhavo

Outro dos projetos está relacionado com a proteção e a recuperação do sistema dunar, através do reforço do cordão dunar entre Ílhavo e Mira. Este tem como objetivo específico a proteção do litoral, através da manutenção e reposição das condições naturais do ecossistema costeiro que assegurem a sua estabilidade biofísica e minimizem situações de risco (risco de erosão e/ou cheias/galgamentos) para pessoas e bens, por via da implementação de ações de recuperação dunar.
A intervenção envolve um volume de cerca de 276 800 m3 de sedimentos, destinados à recarga do sistema costeiro natural.

 

Via Ciclável

A empreitada com vista à execução do projeto de criação da "Via Ecológica Ciclável como forma de Vivência da Ria" está em curso e terminará no final deste ano. Esta intervenção prevê o desenvolvimento de uma via ciclável na envolvente da Ria de Aveiro, que se estenderá pelo território de dez municípios. A Polis Litoral Ria de Aveiro aprovou a adjudicação da empreitada no troço Estarreja-Albergaria-Aveiro e no troço Vagos-Mira, pelo valor de 1,1 milhões de euros.

Com uma extensão de 48 km, a nova via ecológica ciclável desenvolve-se em dois percursos, um entre Aveiro, Albergaria-a-Velha e Estarreja, e outro entre Vagos e Mira, representando um investimento de 909.000€ e um prazo de execução de 275 dias.

O troço Aveiro-Albergaria-Estarreja, com uma extensão de 23 km, inicia no Canal de São Roque, em Aveiro e termina no Esteiro de Estarreja, passando pelo Cais da Ribeira de Esgueira, o Cais de Canelas e o Cais de Salreu, aproveitando caminhos existentes complementados por novos passadiços de madeira sobrelevados, privilegiando o contacto com a Ria. O troço Vagos-Mira terá 25 km de extensão e inicia-se em Vagos, na ligação do Caminho do Praião aproveita os caminhos rurais existentes ligando à ciclovia existente em Mira (que também será requalificada na presente intervenção). 

A Ria de Aveiro é um espaço singular que dispõe de condições excepcionais para suporte de um desenvolvimento económico e turístico sustentável e para se posicionar como um pólo de atracção intimamente ligado ao contacto e fruição da natureza. Para além disso constitui-se como um elemento estruturante da paisagem do sistema ecológico e da actividade económica da Região Centro. As suas características físicas únicas, de grande sensibilidade, requerem que o seu desenvolvimento se submeta a uma estratégia que articule eficazmente as múltiplas vertentes deste território. Foi com base nestes pressupostos que o Governo optou pela intervenção Polis Litoral na Ria de Aveiro.

 

Imagens: Município de Mira, Polis Litoral Ria de Aveiro e Marco Seiça Fotografia.

Acompanhe todas as novidades no Facebook, Newsletter e Instagram

 

Deixe um comentário

Inquérito

Qual a localização mais adequada para o Aeroporto na região Centro?
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
Total Votes:
First Vote:
Last Vote:

Últimos artigos

Artigos mais lidos

Artigos em Destaque

Instagram



Facebook

Agenda da Região

loader


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 

Antes de continuar... deixe-nos o seu Like!

Faça Gosto ou aguarde 60 segundos


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.
Clique aqui para ler a última edição.

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues