fbpx
quarta-feira, 30 junho 2021 23:00

Figueira da Foz: Praia da Costa de Lavos volta a ser 'azul'

Escrito por
Partilhar:
Figueira da Foz: Praia da Costa de Lavos volta a ser 'azul' Fotos © ON Centro

A cerimónia simbólica representou o início do época balnear no Município da Figueira da Foz, detentor de mais de 30 quilómetros de praias - das quais 10 com bandeira azul -, naquele que é segundo concelho pais populoso do distrito de Coimbra.

 

 

Decorreu ao início da manhã desta quarta-feira, 30 de junho, na Praia da Costa de Lavos, no concelho da Figueira da Foz, a cerimónia do Hastear da Bandeira Azul.

A cerimónia simbólica representou o início do época balnear no Município da Figueira da Foz, detentor de mais de 30 quilómetros de praias - das quais 10 com bandeira azul -, naquele que é segundo concelho mais populoso do distrito de Coimbra.

Marcaram presença os representantes de diversas entidades oficiais, nomeadamente, Capitania, Polícia de Segurança Pública, Proteção Civil e Nadadores-Salvadores, bem como da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Corpo de Bombeiros Voluntários e de Bombeiros Sapadores, da Guarda Nacional Republicana, da Assembleia e do Executivo municipal, e de várias juntas de Freguesia.

Além da praia da Costa de Lavos, outras nove irão ostentar este ano (2021) o galardão Bandeira Azul e quatro o de Praia Acessível: Quiaios; Tamargueira; Buarcos (com Tiralô) e Torre do Relógio.

O presidente da Câmara Municioal da Figueira da Foz, na abertura, aproveitou para anunciar que se encontram contratados 74 nadadores-salvadores que irão vigiar e proteger os areais, num investimento de 272.427,45 euros, com 145.811,17 euros a serem assumidos pela autarquia e 134 818,41 euros pelos concessionários.

Carlos Monteiro manifestou-se "muito orgulhoso", não só por hastear a Bandeira Azul na praia da Costa de Lavos, como também por "duplicar o número de bandeiras azuis que o concelho tinha no passado". Para o edil, a praia da Costa de Lavos sempre “teve condições de excelência em termos de água“, contudo existia um “pormenor em termos urbanísticos por resolver, que inviabilizou durante mais de uma década o hastear da Bandeira Azul.

O autarca salientou que a autarquia efetuou “um conjunto de intervenções, quer em termos de passadiços, acessibilidade“ que, na sua perspetiva valorizam ainda mais a praia. Agradecendo a várias entidades, entre elas à empresa Águas da Figueira que, segundo o autarca, “em termos de efluentes faz um trabalho muito importante“, para o qual também contribui o MAREFOZ através da sua colaboração com a autarquia. Quinzenalmente são realizadas análises, em 15 pontos do estuário do Mondego, que nos permitem ter “a certeza de que a maneira como nós tratamos os efluentes não interfere com a qualidade das águas“, referiu também Carlos Monteiro.

Os agradecimentos estenderam-se aos presidentes de Junta de Freguesia, pela sua colaboração até aqui e “daqui para a frente“, e também à APA pela “excelente colaboração“ que tem tido com a autarquia a “desembrulhar alguns processos antigos, nomeadamente o da Costa de Lavos“. Carlos Monteiro aludiu ainda ao tempo em que a Praia da Costa de Lavos ostentava a Bandeira Azul e a Bandeira Dourada, depois perdidas, enfatizando que o município “em nenhuma circunstância“ deixaria de fazer o reforço das dunas das praias a sul do concelho, mesmo que isso levasse à perda de um qualquer galardão, que não o da Bandeira Azul“.

Nelson Silva, representante da APA, felicitou a junta de Freguesia e a Câmara Municipal por terem adquirido um “galardão rigoroso“, um “anseio de muitos anos“, e deixou o desafio no sentido de ser obtido “outro galardão muito importante, que é o galardão de Praia Acessível“, uma vez que considera que a praia da Costa de Lavos tem condições para isso.

O representante da APA salientou, ainda, o facto de estarmos em pandemia e apelou à responsabilidade de todos, “quer dos utentes, quer das entidades de segurança“, no cumprimento das regras de ocupação da praia e de segurança sanitária... e a utilização da app infopraia.

 

FOTOGALERIA

sobre o Programa Bandeira Azul

A bandeira azul é uma distinção atribuída anualmente pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE) a praias (marítimas e fluviais) e marinas que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infra-estruturas de apoio, informação aos utentes e sensibilização ambiental. As praias e marinas distinguidas ficam autorizadas a ostentar a bandeira oferecida pela FEE durante a época balnear. Pode, portanto, ser considerada um símbolo de garantia de qualidade de uma praia ou marina. Praias distinguidas (de norte para sul) Quiaios: Bandeira Azul + Acessível
Murtinheira: Bandeira Azul
Cabo Mondego: Bandeira Azul
Tamargueira: Bandeira Azul + Acessível
Buarcos: Bandeira Azul + Acessível
Torre do Relógio: Bandeira Azul + Acessível
Cova Gala – Hospital: Bandeira Azul
Cova Gala: Bandeira Azul
Costa de Lavos: Bandeira Azul
Leirosa: Bandeira Azul

 

 

PUBLICIDADE

 

 





Águeda: TIM, em concerto, no Centro de Artes de Águeda
Sex. 24 de Setembro | 21h00

 

 

 

Regras de Verão na Figueira da Foz

 


 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

 

Mídia

Deixe um comentário

Últimos artigos

Próximos eventos

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues