fbpx

Concentrações de pólen muito elevadas em Portugal continental

Escrito por
Partilhar

 

Segundo a SPAIC, o pólen presente no ar atmosférico provem essencialmente das árvores carvalhos e da erva urtiga. De acordo com as previsões até quinta-feira (dia 21), nas regiões do Norte, nos dias de precipitação registar-se-á uma redução dos níveis de pólen no ar.

  

Todas as regiões do continente apresentam esta semana concentrações muito elevadas de pólen na atmosfera, segundo o boletim polínico, divulgado pela Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC).

Segundo a SPAIC, o pólen presente no ar atmosférico provem essencialmente das árvores carvalhos e da erva urtiga. De acordo com as previsões até quinta-feira (dia 21), nas regiões do Norte, nos dias de precipitação registar-se-á uma redução dos níveis de pólen no ar.

Já para os arquipélagos dos Açores e da Madeira, “esperam-se baixos níveis de pólen na atmosfera”, indica o boletim.

Nas regiões a Sul e nas regiões do interior do país, de acordo com o boletim, estão a aumentar os níveis dos pólenes, no ar, das ervas tanchagem, gramíneas e azeda.

O boletim prevê ainda que, nas regiões da Estremadura e Algarve, o pólen de oliveira atinja “níveis importantes”, assim como o de parietária na região da Estremadura.

O pólen de bétula estará presente no ar “em concentrações importantes” nas regiões do Norte, acrescenta.

Segundo a SPAIC, devem evitar-se as atividades ao ar livre quando as concentrações polínicas forem elevadas.

“Passeios no jardim, cortar a relva, campismo ou a prática de desporto na rua, irão aumentar a exposição aos pólenes e o risco para as alergias”, acrescenta.

A SPAIC considera ainda que a medicação será a forma mais eficaz de combater os sintomas de alergia, aconselha a consulta de um médico especialista de imunoalergologia para o diagnóstico correto e prescrição da medicação mais adequada e alerta que a prevenção “poderá passar pela realização de vacinas anti-alérgicas”.

O boletim polínico divulga todas as semanas os níveis de pólenes existentes na atmosfera, recolhidos através da leitura de postos em várias regiões do país.

Fundada a 10 de julho de 1950 como Sociedade Portuguesa de Alergia, a Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica agrega especialistas médicos, principalmente imunoalergologistas, investigadores e técnicos dedicados ao estudo da alergia, asma e imunologia clínica.

 

PUBLICIDADE


  

 

 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

Partilhar

Deixe um comentário

Últimos artigos

 

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues