fbpx

Prisão preventiva para suspeito de crimes de violação na Covilhã e Fundão

Escrito por
Prisão preventiva para suspeito de crimes de violação na Covilhã e Fundão Foto © ON Centro

 

A informação foi revelada pelo Ministério Público (MP) de Castelo Branco, esta segunda-feira, 20 de maio, numa nota publicada na página oficial desta entidade na internet.

 

Um homem de 36 anos, detido pela Polícia Judiciária (PJ) na quarta-feira por ser suspeito da prática de crimes contra a liberdade e contra a autodeterminação sexual, cometidos na Covilhã e no Fundão, ficou em prisão preventiva.

A informação foi revelada pelo Ministério Público (MP) de Castelo Branco, esta segunda-feira, 20 de maio, numa nota publicada na página oficial desta entidade na internet.

A detenção do suspeito foi realizada por inspetores do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, na quarta-feira, no âmbito de uma investigação em curso na 2.ª Secção de Inquéritos de Castelo Branco pela prática de crimes contra a liberdade e contra a autodeterminação sexual.

“O detido foi apresentado, no dia seguinte [quinta-feira] a primeiro interrogatório judicial, por se encontrar fortemente indiciada a prática de dois crimes de violação e de um crime de rapto, cometidos em maio de 2024, na área territorial do Fundão e Covilhã”, sintetizou o MP.

Na sequência do interrogatório judicial e em consonância com o promovido pelo MP, na sexta-feira, a juíza de Instrução Criminal decidiu sujeitar o arguido à medida de coação de prisão preventiva e proibição de contactos.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público de Castelo Branco – 2.ª Secção, com a coadjuvação da PJ - Departamento de Investigação Criminal (DIC) da Guarda.

Numa nota enviada à agência Lusa na quinta-feira, a PJ referiu que o Departamento de Investigação Criminal da Guarda deteve, na quarta-feira, fora de flagrante delito, um homem de 36 anos “sobre o qual recaem fortíssimas suspeitas da autoria de vários crimes contra a liberdade pessoal e sexual, ocorridos nas localidades da Covilhã e do Fundão, desde janeiro até ao início do presente mês, e que vinham causando forte alarme e inquietação social”.

Os crimes tiveram como vítimas três mulheres, com idades compreendidas entre os 16 e os 40 anos.

A PJ salientou que a investigação teve especial desenvolvimento a partir da última ocorrência, no dia 05, quando uma das vítimas, de 26 anos, funcionária de um estabelecimento comercial da Covilhã, “foi subitamente intersetada, manietada e introduzida à força no interior de uma viatura automóvel conduzida pelo detido, no momento em que se deslocava apeada, no seu percurso habitual para o respetivo local de trabalho”.

Após o rapto, foi transportada para dois locais distintos, onde foi violentamente submetida a práticas sexuais de grande relevo, das quais resultaram graves danos físicos e psicológicos, descreveu a mesma fonte.

Depois dos atos, a vítima foi libertada na mesma zona onde havia sido raptada aproximadamente uma hora antes, local a partir do qual procurou auxílio, acabando por receber assistência médica e hospitalar no Centro Hospitalar Cova da Beira.

A PJ sustentou que as diligências efetuadas após este episódio levaram à realização de uma busca domiciliária e outra não domiciliária, na zona do Fundão, que culminaram com a detenção do suspeito.

Foram ainda localizados e apreendidos diversos elementos de prova que conduziram à confirmação das fortes suspeitas relativas à autoria daqueles factos, aos quais foram, entretanto, também associadas, pelo menos mais duas ocorrências.

A PJ apontou que a primeira ocorrência aconteceu sob a forma de coação sexual, em janeiro, sobre uma jovem de 16 anos, e a segunda, uma violação cometida em contexto de violência doméstica.

O detido tem como profissão mecânico de automóveis e reside atualmente no Fundão. Encontrava-se desde setembro de 2023 em regime de liberdade condicional, após condenação e cumprimento parcial de pena de prisão, também pelos crimes de rapto e violação, ocorridos no concelho de Sintra.

 

NOTÍCIA RELACIONADA

Covilhã e Fundão: Homem de 36 anos detido pela PJ e acusado de três crimes de violação

 

APolícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, deteve, fora de flagrante delito, na quarta-feira, 15 de maio, um homem de 36 anos, sobre o qual recaem fortíssimas suspeitas da autoria de vários crimes contra a liberdade pessoal e sexual, ocorridos nas localidades da Covilhã e do Fundão, desde janeiro até ao início do presente mês, e que vinham causando forte alarme e inquietação social.

Em comunicado, a PJ salienta que tais crimes tiveram como vítimas três mulheres, com idades compreendidas entre os 16 e os 40 anos, tendo a respetiva investigação conhecido especial desenvolvimento a partir da última ocorrência, no passado dia 5 de maio, quando uma das vítimas, de 26 anos, funcionária de um estabelecimento comercial da Covilhã, foi subitamente intercetada, manietada e introduzida à força no interior de uma viatura automóvel conduzida pelo detido, no momento em que se deslocava apeada, no seu percurso habitual para o respetivo local de trabalho.

Após o rapto, foi transportada para dois locais distintos, onde foi violentamente submetida a práticas sexuais de grande relevo, das quais resultaram graves danos físicos e psicológicos.

Após a consumação dos atos, a vítima foi libertada na mesma zona onde havia sido raptada, aproximadamente uma hora antes, local a partir do qual buscou por auxílio, acabando um pouco mais tarde por receber assistência médica e hospitalar no Hospital da Cova da Beira.

Comunicados os fatos à Polícia Judiciária, foram incessantemente realizadas diversas diligências investigatórias, as quais culminaram no dia de ontem com a realização de uma busca domiciliária e outra não domiciliária, ambas na zona do Fundão.

No âmbito dessas mesmas diligências, além da detenção, foram localizados e apreendidos diversos elementos de prova que conduziram à confirmação das fortes suspeitas relativas à autoria daqueles factos, aos quais foram, entretanto, também associadas, pelo menos mais duas ocorrências, a primeira das quais, sob a forma de coação sexual, teve lugar em janeiro deste ano, sobre uma jovem de 16 anos, e a segunda, uma violação cometida em contexto de violência doméstica, terá ocorrido no dia imediatamente anterior ao rapto e violação acima mencionados.

O detido tem como profissão mecânico de automóveis. Atualmente reside no Fundão, e encontrava-se, desde setembro último, em regime de liberdade condicional, após condenação e cumprimento parcial de pena de prisão, também pelo cometimento dos crimes de rapto e violação, ocorridos no concelho de Sintra.

Será hoje presente às competentes autoridades judiciárias, para efeitos de primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

 

 

PUBLICIDADE









Programação do Centro de Artes de Águeda

 

 

Siga-nos na redes sociais


[+] de Youtube ON Centro






 

Shorts ON Centro @ Youtube



Viver a Vida intensamente,
sempre, sempre, sempre! (...)






O Amor é Importante!


 

Bebe, bebe, bebe!




VER MAIS »»»

 

 

Partilhar

Últimos artigos

Agenda de eventos

Águeda: 'Suécia' no CAA
Águeda: 'Suécia' no CAA
Sex. 14/06 21:30 - 23:00
Sertã: Produtos da Terra
Sertã: Produtos da Terra
Dom. 16/06 09:00 - 18:00
Sertã: X Festival de Cerveja Artesanal (Provart)
Sertã: X Festival de Cerveja Artesanal (Provart)
Qui. 20/06 09:00 - Dom. 23/06 18:00
Lousã: Festas de São João
Lousã: Festas de São João
Qui. 20/06 21:30 - Ter. 25/06
AgitÁgueda 2024
AgitÁgueda 2024
Sáb. 06/07 - Dom. 28/07
AgitÁgueda 2024: Manu Chao
AgitÁgueda 2024: Manu Chao
Ter. 16/07 22:00
Mira: Festas de São Tomé
Mira: Festas de São Tomé
Sáb. 20/07 - Qui. 25/07
Aveiro: Festival Dunas de São Jacinto
Aveiro: Festival Dunas de São Jacinto
Sex. 23/08 - Dom. 25/08
Mira: Campeonato Europeu de Aquabike
Mira: Campeonato Europeu de Aquabike
Sex. 27/09 - Dom. 29/09

Agenda de eventos

Águeda: 'Suécia' no CAA
Águeda: 'Suécia' no CAA
Data Sex. 14/06 21:30 - 23:00
Sertã: Produtos da Terra
Sertã: Produtos da Terra
Dom. 16/06 09:00 - 18:00
Góis: Exposição 'WeNature'
Góis: Exposição 'WeNature'
Seg. 17/06 - Sex. 28/06
Sertã: X Festival de Cerveja Artesanal (Provart)
Sertã: X Festival de Cerveja Artesanal (Provart)
Qui. 20/06 09:00 - Dom. 23/06 18:00
Lousã: Festas de São João
Lousã: Festas de São João
Qui. 20/06 21:30 - Ter. 25/06
Góis: Santos Populares de Góis 2024
Góis: Santos Populares 2024
Sáb. 22/06 21:30
AgitÁgueda 2024
AgitÁgueda 2024
Sáb. 06/07 - Dom. 28/07
AgitÁgueda 2024: Manu Chao
AgitÁgueda 2024: Manu Chao
Ter. 16/07 22:00
Mira: Festas de São Tomé
Mira: Festas de São Tomé
Sáb. 20/07 - Qui. 25/07
Aveiro: Festival Dunas de São Jacinto
Aveiro: Festival Dunas de São Jacinto
Sex. 23/08 - Dom. 25/08
Aveiro: Nova Agrovouga 2024
Aveiro: Nova Agrovouga 2024
Sex. 15/11 - Dom. 24/11


Sobre nós


Plataforma em rede de comunicação e divulgação

 
A ON CENTRO é uma rede digital de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro e informar junto do público nacional e estrangeiro.

Aceda aqui às notícias de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Santarém e Viseu; e do resto do País.

Other languages


Contactos


Morada

Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email
geral@on-centro.pt

Parcerias
Inês Vicente
oncentro.pt@gmail.com

Telefone (+351)
rede fixa nacional: 239 821 655
rede móvel: 933 075 555

 

 


Redes sociais


 


Newslettter

Subscreva a nossa newsletter para ficar a saber o que de importante acontece na região e no país.

Subscrever