fbpx

Bosch investe 12 milhões na produção de bombas de calor e cria 300 empregos

Escrito por
Partilhar

 

Na apresentação dos resultados anuais de 2021, o grupo anunciou um investimento de mais de 300 milhões de euros no negócio de bombas de calor até meados da década.

 

ABosch anunciou esta terça-feora, 10 de maio, o reforço da unidade de termotecnologia em Aveiro, com a instalação da linha de produção de bombas de calor, num investimento total de 12 milhões de euros e a criação de 300 postos de trabalho.

A nova linha de produção de bombas de calor "significa um investimento total de 12 milhões de euros realizados em duas fases distintas, e a criação de cerca de 300 postos de trabalho", refere a Bosch, em comunicado.

No dia 4 de maio, na conferência de imprensa de resultados do grupo alemão, o presidente do Conselho de Administração da Bosch, Stefan Hartung, tinha anunciado que grupo iria começar "com as bombas de calor em Portugal este ano".

No comunicado, a Bosch salienta que "a instalação desta nova linha de produção de bombas de calor vai ao encontro da estratégia de transição energética da empresa e da aposta do grupo na área da termotecnologia".

Esta "é uma excelente notícia não só para a nossa unidade de Aveiro, como também para região e até mesmo para a economia do país. Estamos a falar em mais capacidade de produção, mais postos de trabalho, e sobretudo do facto da Bosch em Aveiro assumir cada vez mais um papel preponderante naquele que é o futuro das soluções de aquecimento e da termotecnologia", afirma Jónio Reis, administrador da Bosch em Aveiro, citado em comunicado.

Até agora a Bosch Aveiro produzia a unidade interior - designada de IDU - para as bombas de calor de ar e água numa única linha de produção.

Com a nova linha de produção "passará também a produzir a unidade exterior da bomba de calor (a ODU)", adianta a empresa, salientando que "a previsão é que a produção arranque já no próximo ano, durante o primeiro semestre de 2023, com o objetivo de chegar às 150 mil unidades anuais, mas com a perspetiva de que esse número aumente a médio prazo para as 400 mil unidades".

A Bosch refere que "o aumento significativo da procura deste produto e as previsões otimistas para o futuro, a curto e médio prazo, conduziram já à implementação de exigentes medidas na atual linha de produção em Aveiro, nomeadamente a duplicação da capacidade de produção através de investimento em equipamentos adicionais, de forma a responder à previsão de vendas de 37 mil unidades já para este ano, um crescimento de 131% em relação a 2021, e ainda na implementação de uma segunda linha de montagem para a produção da IDU da nova família de bombas de calor, com data de lançamento prevista para o último trimestre deste ano, cuja capacidade para produção é de aproximadamente 60 mil unidades por ano".

Estes investimentos, bem como o aumento da capacidade de produção e do número de colaboradores "é um evidente sinal da aposta da Bosch em Aveiro e significa que esta localização se torna numa das principais para a produção e desenvolvimento de bombas de calor dentro do grupo Bosch", sublinha Jónio Reis. A médio prazo, acrescenta o administrador, a previsão é de quase duplicar a faturação.

"Além disso, não nos podemos esquecer que a produção aliada à aposta em I&D destas soluções se irá traduzir na contratação de perfis altamente especializados, tudo isto com impacto direto não só nos resultados da unidade Aveiro, como também na dinamização da economia e na atração de talentos de toda a região", salienta o administrador da Bosch Aveiro.

Na apresentação dos resultados anuais de 2021, o grupo anunciou um investimento de mais de 300 milhões de euros no negócio de bombas de calor até meados da década.

As atividades na cidade tiveram início em 1988, com a aquisição da Vulcano Termodomésticos. Hoje, a empresa fornece soluções de água quente através de esquentadores (elétricos e a gás), caldeiras e bombas de calor para todo o mundo.

Hoje, a Bosch é um dos principais dinamizadores da economia de Aveiro, com cerca de 1300 colaboradores. É ainda aqui que são criadas e desenvolvidas as suas grandes inovações, como o primeiro esquentador com funções de conectividade gerido através de uma app instalada no smartphone.

A equipa do centro de competências conta com cerca de 200 engenheiros que, mais recentemente, passaram a desenvolver soluções também para outras divisões da Bosch.

 

PUBLICIDADE


  

 

 

 

 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

 

Partilhar

Deixe um comentário

Últimos artigos

 

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues