fbpx
terça-feira, 07 julho 2020 22:42

Ministério Público investiga festa que terá permitido contágio entre estudantes do Politécnico da Guarda

Escrito por
Partilhar:

Segundo o comunicado, a investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da Comarca da Guarda, coadjuvado pelo Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária da Guarda. Segundo a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, estão hoje confirmados 23 casos de doentes infetados ligados ao surto do IPG.

 

OMinistério Público instaurou um inquérito para averiguação da prática dos crimes de propagação de doença contagiosa e de instigação pública após alguns estudantes do Instituto Politécnico da Guarda (IPG) terem sido infetados com covid-19, foi hoje anunciado.

"Na sequência do acontecido numa festa organizada por alunos do IPG, o Ministério Público instaurou inquérito visando a averiguação da prática dos crimes de propagação de doença contagiosa e instigação pública a um crime", lê-se numa nota publicada na página oficial da internet da Procuradoria da República da Comarca da Guarda.

Segundo o comunicado, a investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da Comarca da Guarda, coadjuvado pelo Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária da Guarda. Segundo a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, estão hoje confirmados 23 casos de doentes infetados ligados ao surto do IPG.

A fonte adiantou à agência Lusa que estão internados 16 doentes e sete encontram-se em vigilância e ativa domiciliária.

Na segunda-feira à tarde, o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, que participou numa reunião com a presidente do Conselho de Administração da ULS e com o presidente do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), referiu à Lusa que a autarquia estava a acompanhar a situação dos estudantes do IPG e que disponibilizou instalações para os acolher.

Carlos Chaves Monteiro adiantou que já foi estabelecido um espaço - uma ala "mais isolada e de acesso autónomo" da Pousada da Juventude - onde os estudantes poderão residir temporariamente após terem alta hospitalar.

No domingo, o IPG anunciou que decidiu suspender os exames presenciais nas suas instalações, transferindo-os para as plataformas digitais, após ter conhecimento da existência de estudantes infetados com covid-19.

"A decisão deve-se às informações transmitidas, no sábado à noite, pela ULS da Guarda, de que há estudantes do IPG que testaram positivo à covid-19", referiu o IPG em comunicado enviado à agência Lusa.

 

 

Siga as notícias da Região Centro no Facebook, Instagram e Youtube

 

    

    

 

Itens relacionados

Deixe um comentário

Últimos artigos

Facebook

INSTAGRAM ON CENTRO

Mais Gostados


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues