fbpx
quinta-feira, 09 julho 2020 17:55

Câmara de Idanha-a-Nova interpõe providência cautelar contra o Politécnico de Castelo Branco

Partilhar:

O Conselho Geral do IPCB decidiu na quarta-feira que a instituição deve proceder à reestruturação organizacional que prevê que as atuais seis escolas deem origem a quatro novos estabelecimentos de ensino.

 

 

ACâmara de Idanha-a-Nova vai interpor uma providência cautelar contra o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) para travar o processo de reestruturação organizacional da instituição aprovado pelo Conselho Geral.

"Vamos avançar com uma providência cautelar e com uma ação contra o Instituto Politécnico de Castelo Branco por causa do processo de reestruturação organizacional", afirmou o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto.

O Conselho Geral do IPCB decidiu na quarta-feira que a instituição deve proceder à reestruturação organizacional que prevê que as atuais seis escolas deem origem a quatro novos estabelecimentos de ensino.

"A proposta colocada a votação mereceu o voto favorável de 18 dos 25 conselheiros que compõem o órgão, garantindo a obrigatoriedade de obtenção da concordância de dois terços dos conselheiros", explicou, em comunicado o IPCB.

Esta proposta de reestruturação apresentada pelo presidente do IPCB, António Fernandes, e discutida no Conselho Geral, correspondente ao Cenário A, visa a constituição de nove departamentos transversais a toda a instituição e a associação dos mesmos em quatro novas unidades orgânicas.

O autarca de Idanha-a-Nova, onde se situa uma das escolas do IPCB, a Escola Superior de Gestão (ESGIN), entende que o processo não tem qualquer justificação económica e financeira.

"A escolha das quatro escolas é o cenário que prevê que a Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova (ESGIN) perca a sua sede para Castelo Branco e a deslocação de alguns cursos da ESGIN para Castelo Branco. Com isto, é passada a certidão de óbito à escola de Idanha-a-Nova, que perde também a sua autonomia administrativa, científica e pedagógica", sustentou.

E, mantendo-se este cenário inicial, Armindo Jacinto promete avançar com uma providência cautelar e uma ação contra o IPCB para travar o processo de reestruturação.

O autarca recorda que nos 28 anos de existência da ESGIN, o município de Idanha-a-Nova já ali investiu cerca de nove milhões de euros, além de ter, recentemente, alargado a oferta de quartos para estudantes.

 

 

Siga as notícias da Região Centro no Facebook, Instagram e Youtube

 

    

    

 

Deixe um comentário

Últimos artigos

Facebook

INSTAGRAM ON CENTRO

Mais Gostados


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues