fbpx
quarta-feira, 05 agosto 2020 14:13

Morte por afogamento subiu 45,5% no primeiro semestre de 2020 em praias não vigiadas

Escrito por
Partilhar:

Os nadadores-salvadores indicaram que os dados foram divulgados esta quarta-feira, 5 de agosto, pelo Observatório do Afogamento, que registou 64 mortes nos primeiros seis meses deste ano, mais 45,5% em comparação com o mesmo período de 2019, no qual se registaram 44 óbitos.

 

 

Onúmero de mortes por afogamento nas praias não vigiadas aumentou 45,5% no primeiro semestre de 2020, quando comparado com igual período do ano anterior, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores (FEPONS).

“Este dado é especialmente preocupante, porque o país esteve em estado de emergência durante algumas semanas, não sendo expectável esta estatística” informa, em nota de imprensa a FEPONS.

Na mesma nota, os nadadores-salvadores indicaram que os dados foram divulgados hoje pelo Observatório do Afogamento, que registou 64 mortes nos primeiros seis meses deste ano, mais 45,5% em comparação com o mesmo período de 2019, no qual se registaram 44 óbitos.

Além disso, apontou que todos os registos de mortes por afogamento ocorreram “em zonas não vigiadas”, maioritariamente em “situações não presenciadas” (67,2%) e “sem tentativa de salvamento” (79,7%).

Este tipo de incidente aconteceu principalmente à tarde (43,8%), no mar (35,9%), quando as pessoas praticavam a atividade de “tomar banho em lazer” ou de “pesca lúdica com cana”, informou a FEPONS.

Já as vítimas destes incidentes são na maioria homens (90,6%), com idade superior a 40 anos (50%) e maioritariamente de nacionalidade portuguesa (26,6%).

De acordo com a federação, as mortes por afogamento ocorreram principalmente nos distritos de Faro e Lisboa, com especial incidência nos meses de maio e junho (cada um com 25%) e em fevereiro (15,6%).

Tendo em conta estes dados, os nadadores-salvadores decidiram lançar uma campanha digital para prevenir o afogamento, designada “SOS Afogamento”, onde aconselham os banhistas a frequentarem “espaços aquáticos vigiados”.

 

 

Siga as notícias da Região Centro no Facebook, Instagram e Youtube

 

    

 

Itens relacionados

Deixe um comentário

Últimos artigos

Facebook

INSTAGRAM ON CENTRO

Mais Gostados


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues