fbpx
terça-feira, 14 setembro 2021 10:07

PSP sinaliza mais de 500 idosos em situação de risco desde julho

Escrito por
Partilhar:
PSP sinaliza mais de 500 idosos em situação de risco desde julho Foto © ON Centro

“Os polícias destas equipas procuram recolher indícios de maior vulnerabilidade física e psíquica ou de situações suspeitas de crimes, seja de violência doméstica, seja contra a vida ou integridade física, eventualmente agravados pela situação epidemiológica da covid-19. Posteriormente, a PSP partilha esta informação e aciona meios de resposta social em coordenação com as diversas entidades parceiras”, refer o comunicado.

 

 

APSP sinalizou 535 idosos em risco desde julho, depois de ter realizado mais de três mil contactos individuais, no âmbito da operação “Solidariedade Não Tem Idade”, em conjunto com a Segurança Social, revelou hoje aquela força policial.

“Os polícias destas equipas procuram recolher indícios de maior vulnerabilidade física e psíquica ou de situações suspeitas de crimes, seja de violência doméstica, seja contra a vida ou integridade física, eventualmente agravados pela situação epidemiológica da covid-19. Posteriormente, a PSP partilha esta informação e aciona meios de resposta social em coordenação com as diversas entidades parceiras”, refer o comunicado.

De acordo com a PSP, a operação, de “cariz preventivo”, tem como objetivo a deteção de casos de fragilidade social entre a população sénior.

“Em geral, os idosos, pelas suas vulnerabilidades físicas e psíquicas, tornam-se vítimas preferenciais em relação a crimes contra o património [roubo, burla, extorsão], contra a liberdade pessoal [ameaça, coação, sequestro] e contra a integridade física [ofensa à integridade física, violência doméstica, maus-tratos]”, alertam as forças policiais.

Às várias vulnerabilidades discriminadas acrescentam-se ainda “as de cariz económico, materializadas em frágeis condições de habitação, higiene, saúde pública, saúde individual [muitas vezes dependentes de medicação regular] e ou alimentação”.

“Na operação a “Solidariedade Não Tem Idade” a PSP exerce as competências de prevenção criminal [e de prevenção prioritária] que lhe estão genericamente atribuídas, fazendo-o em cooperação com instituições locais e em apoio a outras entidades nas suas competências de apoio/assistência social ou serviços médicos, salvaguardando as áreas de intervenção próprias de cada uma”, recorda.

A operação prolongar-se-á até ao final do mês de setembro, acrescenta.

Em 2020, foram realizados mais de seis mil contactos individuais e sinalizados 981 idosos, dos quais 891 em situação de risco social, sendo 508 encaminhados de imediato para apoio urgente por se encontrarem em situação de risco elevado.

 

 

PUBLICIDADE

 

 

 

 

Águeda: TIM, em concerto, no Centro de Artes de Águeda
Sex. 24 de Setembro | 21h00

 

 


Regras de Verão na Figueira da Foz

 
 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

 

Itens relacionados

Deixe um comentário

Últimos artigos

 

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues