Mira aposta no Turismo Acessível

Esta operação insere-se na estratégia de aproveitamento dos fundos comunitários desenvolvida pelo Município, que tem procurado obter das linhas de financiamento que vão sendo disponibilizadas pelo Portugal 2020, tudo o que for possível, em cada momento, captar para o seu território.

 

ACâmara Municipal de Mira viu aprovado, no âmbito da Linha de Apoio ao Turismo Acessível do Turismo de Portugal, pertencente ao programa Portugal 2020, o projeto de requalificação do Museu Etnográfico e Posto de Turismo da Praia de Mira (MEPT).

Tendo já completado a idade de 20 anos, no final do ano de 2017, o MEPT contará agora com uma intervenção que representa um investimento elegível de €278.000,00, com um financiamento por fundos comunitários à taxa de 90%.

Esta operação insere-se na estratégia de aproveitamento dos fundos comunitários desenvolvida pelo Município, que tem procurado obter das linhas de financiamento que vão sendo disponibilizadas pelo Portugal 2020, tudo o que for possível, em cada momento, captar para o seu território.

A candidatura tem como objetivo a conversão do MEPT numa infraestrutura acessível a pessoas com diversos tipos de deficiências e limitações e consiste em três tipos de intervenções: uma no exterior do edifício, outra no interior do mesmo e uma terceira intervenção ao nível do discurso dispositivo e conteúdos.

A intervenção no exterior do edificado pretende colmatar dois problemas detetados: a criação de uma rampa de acesso a pessoas com mobilidade reduzida, uma vez que a existente não cumpre os normativos legais, e colide com a ciclovia na frente do museu; e ainda o arranjo da mancha não pavimentada no lado norte do edifício. A solução proposta para o exterior contempla assim a criação de uma rampa e nova escadaria de acesso, a qual se complementa com a criação de um mini anfiteatro ao ar-livre.

Esta solução permite que a atividade do museu se possa voltar também para o exterior, criando uma oferta diferenciada, acessível a todos.

De destacar ainda que, no exterior, está contemplada a decapagem, tratamento e pintura de todas as fachadas do edifício, que apresentam já bastante degradação.

No que respeita à intervenção no interior do edifício, em termos arquitectónicos, está prevista a execução de casas de banho acessíveis (inexistentes na atualidade), elevador de acesso ao piso superior, bem como, a instalação de equipamentos essenciais à fruição do espaço por parte dos utentes com limitações de acesso. A proposta para o interior importa uma reorganização do espaço, passando a recepção para a ala norte, dando lugar a casas de banho acessíveis na ala sul. Com estas alterações no interior, será refeita toda a instalação elétrica e instalados novos dispositivos de iluminação, a qual apresenta já um avançado estado de degradação e desajustamento aos normativos legais atualmente em vigor.

A terceira componente da intervenção vai no sentido de dar novo enquadramento a toda a exposição, tornando-se acessível a pessoas com diversos tipos de deficiência, sem no entanto perder a sua originalidade e cunho etnográfico, que é, de resto, a essência deste museu.

Serão produzidas, legendas, audiodescrições, vídeos e demais elementos que permitirão complementar e enriquecer a exposição, permitindo que a mesma passe a ser acessível a todos os tipos de público, desde pessoas com deficiências motoras, passando pelos invisuais, surdos-mudos, daltónicos e pessoas com deficiências cognitivas, de todas as idades.

A intervenção permitirá a transfiguração deste local histórico e cultural da Vila da Praia de Mira mais  acessível a todos, de modo a dar a conhecer a riqueza etnográfica do concelho, bem como as exposições não permanentes que ali se realizam e ainda tornar mais funcional o acesso ao Posto de Turismo, espaço cada vez mais procurado pelos turistas que visitam a Vila da Praia de Mira.

Esta proposta engloba-se numa aposta deste executivo em aliar a recuperação e conservação do património à busca pela diversificação da oferta turística, que no caso se concretiza no alinhamento da estratégia local com as linhas orientadoras do Turismo de Portugal.

O Turismo Acessível é um dos principais nichos do Turismo a nível mundial, e constitui uma oportunidade relevante e diferenciadora para o território da região Centro.

 

Sobre o Museu e Posto de Turismo da Praia de Mira

O Museu Etnográfico e Posto de Turismo da Praia de Mira, inaugurado a 5 de outubro de 1997, é um edifício, construído de raiz, totalmente de madeira e de arquitectura palafítica (assente em estacaria). Vulgarmente chamado de Palheiro, foi esta a construção local, tipicamente popular, que caracterizou a localidade até aos anos 60, que então se designava por Palheiros de Mira.

Para além de servir de Posto de Turismo, este espaço contempla exposições permanentes e exposições temporárias. Através da sua visita é possível viajar no tempo e conhecer o passado, reconhecendo desde nuances do património arquitectónico à pesca das Artes, abordando o modo de vida e o relacionamento da população, tudo isto através de mobiliário, trajes, instrumentos utilizados na pesca e alfaias agrícolas.

 

Horário

Segunda - feira a Domingo: 09h00-13h00 / 14h00-17h00. Encerra aos Feriados

Entrada gratuita

Marcações de visita através do:

Correio eletrónico - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Telemóvel -  (+351) 924 473 751

 

 

Imagem: Município de Mira

 

Acompanhe todas as novidades no Facebook, Newsletter e Instagram

 

Deixe um comentário

Últimos artigos

Artigos recomendados

Artigos mais lidos

Última Newsletter

Facebook

Municípios em Rede

  • agueda-mun.png
  • alvaiazere.png
  • arganil.png
  • figfoz.png
  • gois.png
  • lousa.png
  • mira.png
  • serta-mun.png
  • tabua.png
  • vagos-mun.png
  • vila-de-rei.png
  • wlogo_anadia2020.png


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 

Apoie este projeto com o seu Like!

Faça Gosto ou aguarde 60 segundos


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues