fbpx

Esta é a história da Rainha Santa Isabel

Escrito por

De dois em dois anos, em anos pares, realiza-se a procissão noturna penitencial na quinta-feira, na qual a imagem da Rainha Santa é transportada em braços até à Igreja de Santa Cruz, de onde regressa no domingo seguinte, em procissão solene. Este ano, devido à pandemia da Covid-19, a procissão foi cancelada.

 

Isabel de Aragão, mais conhecida como a "Rainha Santa", é a padroeira da cidade de Coimbra e em sua honra todos os anos se comemoram as Festas da Cidade. De dois em dois anos, em anos pares, realiza-se a procissão noturna penitencial na quinta-feira, na qual a imagem da Rainha Santa é transportada em braços até à Igreja de Santa Cruz, donde regressa no domingo seguinte, em procissão solene.

O dia da sua morte, 4 de Julho, é também o dia da cidade e, simultaneamente, feriado municipal. Em Julho de 2016, por ocasião dos 500 anos da beatificação da Rainha, o seu túmulo esteve aberto e a sua mão exposta para veneração dos crentes.

Figura religiosa, empreendedora e altruísta, D. Isabel de Aragão transformou a vida social, religiosa e até política da cidade de Coimbra na época. A sua família, descendente de cátaros, autorizou o casamento por procuração com El-Rei D. Dinis, quando tinha apenas 11 anos de idade. Depois de Rainha, veio viver para Coimbra, em 1282, onde viria a protagonizar o célebre "Milagre das Rosas".

Segundo a lenda, D. Isabel saiu do palácio numa manhã de Inverno para distribuir pães aos mais desfavorecidos. Confrontada pelo seu esposo sobre o que levava no regaço, a rainha terá exclamado: "São rosas, Senhor! São rosas!". "Rosas, em Janeiro?", inquiriu D. Dinis. Nesse momento, a rainha expôs o regaço do seu vestido e nele havia apenas rosas, e nenhum sinal dos pães.

Apesar de nunca ter tomado os votos de clarissa, a “Rainha dos Pobres” viveu muito ligada a esta ordem religiosa, que habitava o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, e escolheu ser sepultada no Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, algo verdadeiramente inédito numa época em que reis e rainhas eram sepultados juntos.

Intimamente relacionados com a Rainha Santa estão os Caminhos de Santiago de Compostela, que a mesma fez questão de percorrer por diversas vezes.

Todos os anos, cerca de mil peregrinos atravessam o concelho de Coimbra rumo a Santiago. Existem pontos de orientação por todo o concelho, inclusivamente, no centro da cidade (marcas de bronze no chão com o símbolo de Santiago – a concha), num total de 120 pontos, desde o Orelhudo (extremo sul) até Trouxemil (extremo norte). O Mosteiro de Santa Clara-a-Nova é também albergue para peregrinos, algo que certamente muito teria agradado à Rainha.

 

 

É na margem esquerda do Rio Mondego que se situam duas das casas religiosas onde passou a maior parte da sua vida – Mosteiro de Santa Clara-a-Velha e Mosteiro de Santa Clara-a-Nova (na foto, o primeiro em baixo, e o segundo ao fundo) – conhecidas pela sua ligação à Rainha Santa Isabel, pela produção de doçaria conventual (uma das suas famosas criações foi o Pastel de Santa Clara) e pelas “Abadessadas”, as tardes de serenatas que os estudantes ofereciam às freiras em troca de doces.

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha foi fundado por D. Mor Dias, no século XIII, e mais tarde, passou a ser gerido por D. Isabel de Aragão, que após sucessivas inundações causadas pelo Rio Mondego, mandou construir o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, em 1649. É aqui que se mantem atualmente o seu túmulo. Veja as fotos e os vídeos sobre a Rainha Santa Isabel e os seus conventos!

 

Procissão da Rainha Santa (2018)
 

 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no Facebook, Instagram e Youtube

 


[+] de Youtube ON Centro






 

Shorts ON Centro @ Youtube



Viver a Vida intensamente,
sempre, sempre, sempre! (...)






O Amor é Importante!


 

Bebe, bebe, bebe!




VER MAIS »»»

 

 

Partilhar

Últimos artigos

Agenda de eventos

Aveiro: Pedro Mafama
Aveiro: Pedro Mafama
Sex. 31/05 21:30
Lousã: Dia Mundial da Criança
Lousã: Dia Mundial da Criança
Sáb. 01/06 16:00 - 20:00
Sertã: Ecomercado
Sertã: Ecomercado
Dom. 02/06 09:00
Águeda: Sérgio Godinho e Os Assessores no Centro de Artes
Águeda: Sérgio Godinho e Os Assessores
Sex. 07/06 21:30 - 23:00
Águeda: 'Suécia' no CAA
Águeda: 'Suécia' no CAA
Sex. 14/06 21:30 - 23:00
Lousã: Festas de São João
Lousã: Festas de São João
Qui. 20/06 21:30 - Ter. 25/06
AgitÁgueda 2024
AgitÁgueda 2024
Sáb. 06/07 - Dom. 28/07
AgitÁgueda 2024: Manu Chao
AgitÁgueda 2024: Manu Chao
Ter. 16/07 22:00
Mira: Festas de São Tomé
Mira: Festas de São Tomé
Sáb. 20/07 - Qui. 25/07


Sobre nós


Plataforma em rede de comunicação e divulgação

 
A ON CENTRO é uma rede digital de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro e informar junto do público nacional e estrangeiro.

Aceda aqui às notícias de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Santarém e Viseu; e do resto do País.

Other languages


Contactos


Morada

Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email
geral@on-centro.pt

Parcerias
Inês Vicente
oncentro.pt@gmail.com

Telefone (+351)
rede fixa nacional: 239 821 655
rede móvel: 933 075 555

 

 


Redes sociais


 


Newslettter

Subscreva a nossa newsletter para ficar a saber o que de importante acontece na região e no país.

Subscrever