fbpx
  • Boas Festas Aveiro - Município de Aveiro deseja a todos os munícipes, colaboradores, a toda a região, a Portugal e ao Mundo, Festas Felizes!
  • Águeda é Natal
segunda-feira, 15 novembro 2021 11:47

“Damas da Noite” de Elmano Sancho sexta-feira no Teatro Aveirense

Partilhar

Para erguer essa figura ficcionada chamada Cléopâtre, Elmano Sancho imergiu no mundo fascinante e provocador do transformismo. Os artistas transformistas "vestem a pele de um outro, tentam ser um outro”. São "flores que abrem de noite”, intérpretes de uma transformação "pautada pela transgressão, o desconforto, a ambiguidade, a brutalidade dos corpos e a violência das emoções”.

 

 

Elmano Sancho pensou numa outra hipótese de si mesmo e a partir disso criou um espetáculo desafiante, que tem marcado os palcos por onde tem passado. “Damas da Noite” estará no Teatro Aveirense, esta sexta-feira, 19 de novembro.

Elmano Sancho evoca a conflituosa reviravolta de expectativas em torno do seu nascimento para levantar o véu de Damas da Noite: os pais esperavam uma menina, de nome já destinado, Cléopâtre, mas nasceu um menino. O encenador pretende assim dar vida a esse outro desejado de si mesmo, como se este fosse uma espécie de duplo e existisse numa realidade paralela que “Damas da Noite” encena.

Para erguer essa figura ficcionada chamada Cléopâtre, Elmano Sancho imergiu no mundo fascinante e provocador do transformismo. Os artistas transformistas "vestem a pele de um outro, tentam ser um outro”. São "flores que abrem de noite”, intérpretes de uma transformação "pautada pela transgressão, o desconforto, a ambiguidade, a brutalidade dos corpos e a violência das emoções”.

Através dessa interpretação paradoxal da diferença, “Damas da Noite” explora a presença ou ausência de fronteiras entre realidade e ficção, ator e personagem, homem e mulher, teatro e performance, tragédia e comédia, original e cópia, interior e exterior, dia e noite. Nesse jogo de relações, aposta-se a identidade como matéria fluida, "rimbaudiana”, revelando o outro que somos, o estrangeiro que albergamos.

Os ingressos para o espetáculo têm um custo de 5 euros, e podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Aveirense ou através desta hiperligação.

Espaço cénico: Samantha Silva
Desenho de luz: Alexandre Coelho
Assistência de encenação: Paulo Lage
Produção executiva: Nuno Pratas
Interpretação: Elmano Sancho, Dennis Correia aka Lexa Black, Pedro Simões aka Filha da Mãe.
Coprodução:  Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Culturproject, Loup Solitaire, Teatro Nacional D. Maria II, TNSJ,
Fotografia: Sofia Berberan

 

 

 

 

 

PUBLICIDADE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Siga as notícias da Região Centro no FacebookInstagramTwitter e Youtube

    

 

Partilhar

Itens relacionados

Deixe um comentário

Últimos artigos

Facebook

em Arquivo


Sobre nós

A Rede ON CENTRO é uma rede de comunicação e valorização territorial, que visa promover a região Centro, junto do público nacional e estrangeiro.
Aqui poderá aceder a informação da maior região do país, composta pelos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

[Saber+]

 


Contactos

Morada:
Rua Simões de Castro, nº 170, 5º B 3000-387 Coimbra

Email:
geral@on-centro.pt
agenda@on-centro.pt

Telefone:
+351 239 821 655 | +351 933 075 555

 

 

Newsletter

Fique a par das novidades da região.

 

Subscrever


Redes Sociais

Other languages

ptzh-CNenfrdeitjakorues